Engajar colaboradores no propósito da empresa é uma das ações mais desafiadoras de pequenos e médios empresários. Não somente porque estamos lidando com pessoas e cada uma tem seu jeito de se envolver com o negócio e entregar resultados, mas principalmente porque não sabem como fazer isso. Acreditam que muitos querem um emprego e não um trabalho, são conformados com a posição que estão e não tentam evoluir ou melhorar, e por isso acabam concluindo que todos estão ali só para ganhar salário. Mas fique atento: muitos não são todos!

Será que no papel de líder, como gestor de pessoas, você está envolvendo os colaboradores para que eles pensem como donos do negócio? Essa é a provocação que quero fazer nesse artigo.

Conseguir o comprometimento do colaborador para que foque no resultado da empresa é uma tarefa diária e exige a compreensão dos anseios, angústias e ambições individuais. Para levantar isso existe uma demanda de tempo e esforço do empresário, com o mesmo peso de planejar financeiramente ou estrategicamente seu negócio. Gerir pessoas é uma via de mão dupla, você precisar dar para poder receber. E não adianta pensar que já paga o salário e isso basta. O ser humano precisa de muito mais que isso. É provado que a necessidade de Realização Pessoal é de fato real. É isso que precisa ser desenvolvido na relação.

Hoje em dia uma competência muito discutida é de intraempreendedorismo. O conceito dela basicamente é sobre a prática dos colaboradores darem ideias para a rotina diária, inovarem em processos já existentes e buscarem novas oportunidades e alternativas para que a empresa tenha um melhor funcionamento. Já vi isso acontecendo em algumas empresas, e garanto, elas estão alguns passos à frente de quem não despertou para esse envolvimento das equipes.

Parece não ser real isso acontecer? Mas acontece sim, em empresas que apoiam e reforçam esse tipo de comportamento, sejam elas grandes, médias ou pequenas. O que precisa ser feito é incentivar a criatividade e estar aberto às novidades que a equipe traga, sempre dando feedback e acompanhando as suas ideias e atividades.

Existem diversas formas de engajar os colaboradores, mas a mais importante é gerar a confiança da relação. Devemos mostrar ao outro que é importante para o negócio e através de ações práticas e rotineiras pode se ter o engajamento tão esperado.

Me conte como faz para envolver seus colaboradores com os resultados da sua empresa. Ficarei feliz em apoiar te dando ideias.

Quer saber como planejar ações para engajar seus colaboradores?

Entre em contato com a gente que pensaremos juntos como podemos apoiá-lo com as nossas soluções.

Até a próxima!

Adriane Boueri
Diretora de Operações

Share This