Um caminho simples e empreendedor

 

Ao assumir uma determinada responsabilidade em qualquer empresa é recomendável que a primeira preocupação de um profissional seja o domínio dos Processos sob sua responsabilidade. É óbvio que a atenção aos sistemas e as pessoas também precisa receber uma atenção especial, no entanto de nada adiantará isso se esta pessoa não dominar a forma como sua área trabalha, o propósito das suas atividades e como ela gera os resultados para clientes internos ou externos.

Vamos ver as recomendações imediatas para quem deseja se aperfeiçoar em Gestão:

  • Capacitação Técnica
  • Defesa de Processos
  • Apoio às Equipes 

Capacitação Técnica

Um bom Gestor é extremamente competente nos aspectos técnicos de sua área. Deve ser um especialista dentro da organização em que atua, uma referência para os superiores, os pares e principalmente para as pessoas de sua equipe.

Isso não é novidade para nós, no entanto é bom reforçar este entendimento porque muitos profissionais que ocupam cargos de gestão nas organizações não cuidam de seu aperfeiçoamento intelectual e técnico. Quem aqui já não ouviu aquela frase “quem deveria estar aqui neste treinamento é meu chefe”.

Por isso, antes de qualquer ação dedicada aos outros, esse profissional precisa cuidar de si mesmo e se capacitar tecnicamente. Isso o fará se sentir seguro e firme ao emitir um parecer sobre questões técnicas de sua área.

Existem três máximas que norteiam essa busca pela Capacitação Técnica, esteja o Gestor em que empresa estiver ou em qualquer área de atuação:

  • Ser extremamente organizado,
  • Ter habilidade para tomar decisões, e
  • Visão de negócios, para calcular os riscos de suas decisões

Defesa de Processos

Um bom Gestor é aquele que se responsabiliza por tudo que diz respeito aos Processos da área em que atua. Processos são documentos que registram explicitamente como as coisas são feitas ali naquele setor e na empresa, de maneira macro.

Onde não há controle não há obtenção profissional de resultados.  A melhor maneira de se controlar os resultados desejados é definir como esses resultados devem ser obtidos: Processos!

Existem 6 ganhos imediatos nos Gestores que se dedicam a esta prática, de maneira profissional:

  • Abraçam as mudanças como algo natural, não tem medo de alterações nas formas de trabalho, pois (por serem excelentes especialistas em Processos) sabem como tudo é feito hoje e em que detalhes podem ser aperfeiçoadas;
  • Sabem avaliar riscos, pois estão acostumados a gerar resultados em parâmetros atuais e encontram facilidade em fazer as avaliações para o futuro;
  • Mantém o foco nos resultados, atuando nas suas causas e evitando retrabalho nos Processos existentes;
  • Sabem planejar minuciosamente cada passo (da equipe e dos membros da equipe), pois como são especialistas nos Processos, sabem que tudo já está ali muito bem descrito;
  • Gerenciam cronogramas como um todo e garantem que o trabalho será atribuído aos recursos apropriados e finalizado dentro do prazo e do orçamento estipulados;
  • São flexíveis para mudar de estratégia e rápidos para reorganizá-la. Basta que alterem Processos de trabalho a novas situações e demandas.

Apoio às Equipes

Uma vez que o bom Gestor (1) é aquele que se coloca como um Especialista em sua especialização profissional e (2) domina os Processos pertinentes à sua área de atuação, chegamos à 3ª característica que trata da ajuda que esse Gestor deve dar às pessoas com quem trabalha.

Esse apoio repousa prioritariamente nos Processos que existem. Em outras palavras, é a pessoa que transmite o conteúdo dos Processos a todos os interessados.

Amparar outros profissionais em suas caminhadas técnicas nunca foi fácil e isso implica algumas competências que os Gestores eficazes apresentam:

  • Sabem se comunicar muito bem, pois são exímios treinadores em ferramentas técnicas de difícil aprendizado imediato
  • Conseguem ter paciência ao lidar com dificuldades de aprendizado das pessoas com quem trabalham e apóiam
  • Acompanham de perto todo o trabalho que é desenvolvido pelas suas equipes e administram eventuais erros de execução que surgem durante o dia-a-dia da execução das tarefas
  • Divulgam as informações técnicas para todas as pessoas envolvidas nos assuntos a que foram treinadas. Ninguém fica sabendo das novidades por terceiros. São a fonte primária das novidades que afetam as vidas dos indivíduos e da equipe. Ao fazer com que as informações cheguem aos participantes da sua equipe de forma clara e eficiente, ele evita falhas na comunicação que podem comprometer uma ou todas as etapas da atividade.

 

Quem disse que Processos não importam nesta caminhada da gestão equilibrada? Uma pessoa começa sua trajetória de liderança dominando os Processos sob sua responsabilidade… o resto virá com o tempo e, principalmente, as pessoas também!

 

Conte conosco nessa jornada!

 

Jorge Pinheiro

Executivo de RH // Attua Gente e Gestão

Share This