Agora que você já sabe da importância que se tem em jogar o Jogo do Poder para que seus Projetos sejam bem-sucedidos, podemos falar sobre Gestão de Objetivos e Resultados Chave.

Helena entendeu o quanto era importante identificar os estilos das pessoas que orbitam sua vida e possuem grande interferência em seus projetos.

Antes de qualquer movimentação, mapeou o poder e identificou cada personagem. Aprendeu a Jogar o Jogo e percebeu que já estava pronta para dar novos passos para suas conquistas, mas não sabia por onde começar.

Tinha excelentes ideias, muitas perspectivas, pensava que estava tudo muito bem definido e claro em sua cabeça sobre onde queria chegar, mas tudo pairava na subjetividade, não conseguindo tangibilizar suas expectativas tanto para ela e muito menos para as pessoas ao seu redor, o que dificultava atingir seus objetivos.

Até que Helena buscou apoio com profissionais especialistas e conheceu o OKR.

Você sabe o que é OKR?

OKR, um acrônimo das palavras em inglês Objectives and Key Results (Objetivos e Resultados Chave), e é um sistema de metas completo, baseado em princípios ágeis de gestão.

E mais do que um sistema de metas é uma ferramenta de transformação, que promove alinhamento, comunicação, propósito e engajamento.

E foi exatamente o que Helena precisava, transformou suas ideias que estavam no campo da subjetividade em objetividade e deixou tudo mais claro tanto para ela, quanto para todos ao seu redor, e jogando o jogo do Poder, ela sabia exatamente quem poderia envolver em cada objetivo definido.

Objetivo é o que se deseja alcançar, é o seu sonho…deve ser aspiracional e inspirador, não numérico, de linguagem simples e pode ser ambicioso ou comum.

Helena tinha vários objetivos, mas o maior de todos, o seu principal sonho era o de transformar a sua empresa em uma referência nacional no mercado de atuação.

Quando começou a descrever o que sonhava, sentia como algo muito distante, até que foi percebendo que era um sonho extremamente ambicioso, mas viável de ser alcançado.  Pessoas favoráveis ao seu Sonho, se inspiraram, conheceram o propósito, entenderam seus papéis e se engajaram nessa jornada.

Mas faltavam alguns fatores importantes nesse sonho…Como Helena saberia que alcançou o seu objetivo? Quais os resultados chave demonstrariam que ela realizou o sonho?

Os Resultados Chave têm que ser resultados, não podem ser atividades rotineiras.

Precisam ser quantitativos, ter métricas – KPIs, devem ser desafiadores, mas não impossíveis SMART (Específico, Mensurável, Atingível, Relevante e Temporal), tem um número. Pode ser baseado em resultados: Aumentar/reduzir de X para Y, ou podem ser patamares: atingir nível X.

E é fundamental que tenha um acompanhamento com ciclos curtos (mensal ou trimestral) para que se observe os resultados para identificação se o objetivo está sendo ou não atingido.

Helena definiu 3 resultados chave para o seu objetivo.

Atingindo esses resultados, era o que a demonstraria o atingimento do seu objetivo.

Helena compartilhou com seus apoiadores, que inclusive ajudaram-na no processo de construção e planos de ação foram traçados com definição clara de papeis e responsabilidades de cada um em cada etapa.

Todos os envolvidos participavam do acompanhamento, e faziam os ajustes necessários. A comunicação era frequente, de forma clara e transparente.

Dessa forma, toda a caminhada fazia mais sentido, pois todos sabiam para onde estavam indo e se sentiam fazendo parte dessa jornada.

O objetivo deixou de ser da Helena e passou a ser de todos.

Quer saber mais sobre como atingir seus objetivos através da estratégia de implantação OKR? Fale com nossos especialistas pelo link: http://bit.ly/contatoattua

 

Danielle Dias

Executiva Sênior da Attua Gente e Gestão

Share This